Após polêmicas envolvendo seu nome, o cantor Biel resolveu vir a público em um vídeo pedindo desculpas sobre ter assediado uma repórter em uma entrevista com comentários extremamente machistas.

No vídeo, ele se arrepende do que aconteceu, dizendo que não foi a educação que lhe deram, e diz que suas fãs mulheres sabem o respeito que ele tem por elas:

Depois de analisar a situação inteira eu pude perceber o quanto foi constrangedor. E ’tá’ sendo constrangedor pra mim agora. Então eu acho que, com certeza, eu, de novo, queria reafirmar o meu pedido de desculpa para a repórter que se sentiu ofendida, de coração”

A repórter do site iG, que estava em um série de entrevistas dele para divulgar seu novo álbum, denunciou o cantor na 1ª Delegacia da Mulher de São Paulo, após chamá-la de “gostosinha” e dizer que “a quebraria ao meio” se tivessem relações sexuais.

Quando ele disse, logo de cara, ‘se eu te pego, te quebro no meio’, já fiquei com o pé atrás. Estranhei o fato de não ter um filtro no que ele dizia, não ter uma certa barreira ou limite na relação entre repórter e entrevistado. A partir do momento que ele falou isso, minha primeira reação foi um choque. Ele trata assim mesmo quem está ali trabalhando com ele, e enquanto ele está trabalhando também?”, disse ao site Delas, do portal iG.

Além disso, o fato resultou na eliminação do funkeiro da lista de carregadores da Tocha Olímpica em Fortaleza, que aconteceu na última terça-feira (07). “O Biel que deu aquela entrevista não é o Biel que vai continuar daqui pra frente”, finalizou ele no vídeo.