Guardiões da Galáxia trouxe aquele ar diferente e leve que a MARVEL precisava. O filme lucrou quase US$ 800 milhões para o estúdio e gerou tendencia para as próximas produções, como foi no caso de Homem-Formiga. Chris Hemsworth, o poderoso Thor, disse que quer um pouco daquela essência engraçada no próximo filme do herói.

Apesar de a MARVEL nunca ter funcionado mesmo com filmes sérios demais, ate onde a gente sabe, Thor: Ragnarok vai ser bem sombrio, já que o roteiro promete uma história de apocalipse e destruição para Asgard, e além disso, antecede Os Vingadores: Guerra Infinita, então é uma baita responsabilidade.

“Acho que Thor precisa um pouco desse tipo de humor inteligente e inesperado, alguma coisa como a que James Gunn fez em Guardiões. São coisas inesperadas mesmo e definitivamente podemos usar uma dose disso”, disse Hemsworth.

Os cenários e as histórias de Thor tem seu charme e realmente tem o costume de empurrar a comédia pra um segundo plano. Taika Waititi assumiu a direção afim de pegar o novo roteiro e “dar um pouco de luz” pro clima tenso. O ator também elogiou o diretor:

Acho que é hora de criar algo diferente, e Taika tem uma forma brilhante de pensar, de ter ideias engraçadas e de como e o que fazer em cena.

A presença de Hulk já foi confirmada e, quem sabe, podemos contar com a primeira vilã em potencial para o Universo Cinematográfico da MARVEL. Em Thor: Ragnarok, o fim do universo se aproxima quando descobrimos que Asgard é palco de uma batalha que já aconteceu várias e várias vezes pela eternidade – todas com o mesmo resultado: os deuses asgardianos são mortos e depois revividos sem se lembrarem do que aconteceu.

As gravações do longa devem começar no início do ano que vem, sendo que a estreia só vai acontecer em novembro de 2017.